por Edneia Burger

Acompanhar a aprendizagem dos estudantes é imprescindível para que o professor saiba o que eles aprenderam e o que ainda precisam aprender, mas também é função da equipe gestora realizar esse acompanhamento de todos os alunos da escola, em todas as áreas do conhecimento. Mas alguém poderia dizer: isso é impossível!!!

E eu digo: é possível! Vamos ver neste artigo como realizar o acompanhamento da aprendizagem de todos os estudantes de uma sala de aula e da escola inteira.

Em primeiro lugar, é fundamental que a escola tenha definidas as expectativas de aprendizagem para cada ano e área do conhecimento. Hoje, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) nos apresenta um conjunto de habilidades por área do conhecimento no ensino fundamental e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento para a educação infantil. Com base nesses parâmetros, é possível definir o que se espera dos alunos. No caso das redes que já construíram seus currículos à luz da BNCC, estes servirão como referência para esta análise.

Por exemplo, ao longo do segundo ano do ensino fundamental espera-se que os alunos desenvolvam a habilidade de “escrever palavras, frases, textos curtos nas formas imprensa e cursiva” (habilidade EF02LP07 da BNCC), teremos então algumas expectativas implicadas nesse desenvolvimento:

 

 

 

 

Se, além dessa habilidade, incluo outra: “localizar informações explícitas em textos” (EF15LP03), então, teria mais uma expectativa, que neste caso, seria a própria habilidade.

Então, depois de definir todas as expectativas para um determinado período, o professor preencherá uma tabela para acompanhar os alunos no desenvolvimento das habilidades. Vejam um exemplo:

O fazer do professor

Veja que estas expectativas podem ser observadas e avaliadas uma a uma, ou seja, podem ser acompanhadas independentemente uma das outras pelo professor e ações pontuais ou gerais podem ser desenvolvidas com base nestes dados.

Com base na planilha, podemos observar que o aluno 2 atingiu as expectativas previstas para o período acompanhado e que, portanto, atividades mais desafiadoras deverão ser propostas; já o aluno 5 ainda tem muitas expectativas a desenvolver e para isso será necessário organizar um plano bastante específico que promova seu desenvolvimento, já que ele precisa avançar em algumas habilidades que os demais estudantes da turma já realizam com segurança. As informações, aluno a aluno, podem ser obtidas observando-se os dados contidos em cada uma das linhas.

Ainda, observando os dados, pode-se perceber que há duas colunas cujas expectativas não foram desenvolvidas pela grande maioria dos alunos: escrita de texto e localização de informações explícitas. Neste caso, quando a maioria do grupo ainda precisa se aprimorar em determinados pontos, o professor deve avaliar o seu fazer pedagógico realizando uma autoavaliação e refletindo sobre o ensino e as propostas oferecidas aos alunos, planejando atividades diferenciadas  que promovam a aprendizagem de todos os alunos no que diz respeito a essas duas expectativas.

O fazer da equipe gestora (diretor e coordenador pedagógico)

Se a equipe gestora receber, periodicamente, uma planilha preenchida por cada professor, então poderá ser parceiro desses professores no acompanhamento da aprendizagem dos alunos.

Como assim?

A equipe gestora poderá:

Entendendo que a aprendizagem dos alunos é o objetivo principal da escola, seu acompanhamento é imprescindível: professores e gestores devem monitorá-la, elaborando planos de ação que promovam tanto a aprendizagem dos alunos quanto a dos professores a fim de que todos os alunos tenham o seu direito à educação plenamente atendido.

Bons professores fazem uso dos dados de forma estratégica, planejando ações a partir deles.

————-

A missão da garantia do direito à educação para todos com equidade é dever de todos os que

atuam na educação.