(11) 2669-1270 / 4994-0309

Compartilhar:

Por Claudia Zuppini Dalcorso

Chegamos no início de mais um ano, 2018, sejamos todos bem-vindos! Com ele a renovação dos votos de sucesso, saúde, felicidade e prosperidade.

Este é um período de esperança em um futuro melhor, as pessoas renovam seus desejos e suas aspirações na busca de que algo vai ser diferente no ano que se inicia.

Tudo isso é muito motivador, mas infelizmente não provocamos mudanças fazendo as mesmas coisas de sempre, tendo os mesmos hábitos, pensando da mesma maneira. Se queremos algo novo temos que começar agindo diferente.

Se você é um dessas pessoas que comeu ervilhas, vestiu uma cor de roupa apropriada aos seus anseios para este ano, pulou 7 ondas ou qualquer outra simpatia para que tudo, num passe de mágica, fosse melhorar ou modificar neste ano, faltaram ainda algumas coisinhas a serem feitas para ajudar a realizar suas aspirações.

Comece tendo claro o que realmente deseja, não vale querer ter muito dinheiro, isso é muito genérico, você quer quanto de dinheiro? Quer um emprego melhor? Precisa ser mais econômico?

Depois de determinar o que realmente deseja, faça uma lista desses desejos, que sejam factíveis para serem realizados em um ano.

Agora, vamos transformar esses desejos em metas.

Primeiro vamos entender o que são metas. Quando desejamos algo e dedicamos nosso tempo com ações para o alcance desse desejo ele se torna nosso objetivo, se torna um propósito, ele nos dá uma direção. Já a meta é o nosso objetivo de forma quantificada. Para isso ela é temporal e está ligada a prazos e valores.

Quando determinamos metas em nossa vida, colocamos nossos desejos no rumo da realização, damos concretude a eles.

Ainda em nosso exemplo do desejo de ganhar muito dinheiro, colocando este desejo em um objetivo factível podemos pensar em economizar um “X “ por ano e podemos determinar isso como uma meta, em que cada mês uma porcentagem dos meus proventos será economizada para que, no final do ano, eu consiga o “X “ que eu determinei.

Para que não me desvie do caminho é importante ter processos de acompanhamento destas metas, periodicamente.

Se você conseguir colocar tudo isso em uma agenda e se planejar será uma grande ajuda para que seus desejos pensados no momento em que comeu as “ervilhas” na virada do ano possam se realizar.

Mas não esqueça de algo muito essencial: seja feliz!

A felicidade é um dos ingredientes principais para conseguirmos nossos objetivos. E uma das maneiras de ser feliz é valorizar a vida e as pessoas à nossa volta.

Vamos organizar as ideias e ampliar esta lista, agora:

  1. Escreva as metas que deseja alcançar; comece com 3, no mínimo;
  2. Analise-as se são factíveis, isto é, se são possíveis de serem realizadas em um ano;
  3. Coloque-as em um calendário e determine marcos para verificar como anda sua execução, de preferência de 3 em 3 meses, se conseguir em menos tempo será melhor;
  4. Organize sua agenda diária para que parte dela seja dedicada a esta meta;
  5. Ter disciplina é muito importante, faça uma análise diária sobre como você está se dedicando ao alcance das suas metas;
  6. Foco é outro elemento essencial, não se deixe desviar de seus objetivos;
  7. Procure a ajuda de um amigo, ou familiar para não deixá-lo perder o rumo, diga a ele quais são suas metas e peça para que o ajude a não perder o foco, isto geralmente ajuda bastante;
  8. Agora vamos colocar um “pó mágico”, aquele ingrediente importante que falamos no início do texto: busque ser feliz em tudo que você faz, porque se não for assim, você perecerá com maior facilidade.

A mudança de hábito é algo muito desafiador e começa em pequenas atitudes, faça de 2018 um ano realmente NOVO em sua vida, seja diferente, valorizando cada momento, cada sorriso, cada pessoa, cada oportunidade de estar vivo que você possa ter.

Feliz 2018!