Aula história

Se eu pudesse escolher uma palavra para o ano de 2021, seria ESPERANÇA, esperança de vacina para todos, esperança da retomada de nossas vidas, esperança da reabertura das escolas, esperança de planos de aula que contemplem o ensino híbrido, esperança de formação que dê subsídios ao professor para buscar estratégias que possam unir o presencial, o on-line e a tecnologia.

Nesse ponto, a tecnologia que almejo se relaciona com a raiz indo-européia da palavra ESPERANÇA que é “spe” e significa expandir e aumentar, ou seja, que a tecnologia se expanda de forma intencional e planejada na vida escolar de nossos alunos e professores, percorrendo um caminho de acesso a aprendizagem, possível para todos.

E assim, seguimos 2021, compondo mais um capítulo desta história chamada humanidade, história que um dia será lembrada e estudada por nossos netos e bisnetos, assim como estudamos a história de nossos antepassados.

Pensando nisso, que tal levarmos para nossos alunos do ensino fundamental I, mesmo que remotamente, boas conversas e reflexões sobre as maneiras que sentimos e percebemos o tempo?

É preciso valorizar e respeitar a história do outro, sua individualidade e também nos reconhecermos no passado do outro para compreendermos o presente e planejarmos nosso futuro.

Segue uma sugestão de atividade para crianças entre 6 e 7 anos que cursam o 2º ano do Ensino Fundamental.

Tendo como foco a resolução das atividades de forma reflexiva é importante o acompanhamento de um responsável que deverá ter o cuidado de conversar com a criança a respeito do que está sendo proposto, fazendo questionamentos e auxiliando na leitura, escrita e compreensão dos comandos e do texto, sempre que necessário. É uma atividade que pode ser aplicada neste momento em que estamos vivenciando o contexto do ensino remoto, contemplando a seguinte habilidade:

EF02HI07A – Identificar as diferentes maneiras de sentir, perceber e medir.

Dicas aos responsáveis que acompanharão as crianças na realização das atividades:

  • Organizar um local claro e tranqüilo para a realização da atividade, se possível.
  • Deixar por perto os materiais que a criança irá utilizar, como a folha da atividade impressa ou digitalizada e lápis e borracha (se necessário).
  • O texto poderá ser lido pela criança, com a criança ou para criança, (isso dependerá das habilidades de leitura que ela já tenha adquirido).
  • Retomar o vocabulário apresentado no texto, ao término da leitura, é importante para garantir a compreensão do que foi lido.
  • Conversar com a criança sobre o texto, perguntando se ela gostou, se já conhecia o assunto abordado etc.
  • Explorar as frases e imagens presentes nas atividades, trazendo sempre exemplos e procurando estabelecer comparações entre a atividade e cotidiano vivido.
  • Orientar a criança e escrever sempre da melhor forma que puder.

Espero que gostem, aproveitem a atividade e compartilhem contando-nos como foi e trazendo sugestões que são sempre bem vindas!

 

Clique aqui para acessar essa atividade.

 

Iniciar o ano letivo conversando com os alunos do 4º ano sobre mudanças e permanências na nossa história é de fundamental importância para a compreensão dos hábitos culturais do local onde vivemos.

Estudar o passado estabelecendo relação com o presente é uma ação que precisa ser planejada e ensinada pela escola com intencionalidade, pois são dessas reflexões que o futuro será construído.

Pensando nisso, que tal levarmos para nossos alunos do ensino fundamental I, boas conversas e reflexões?

Segue uma sugestão de atividade para crianças entre 8 e 9 anos que cursam o 4º ano do Ensino Fundamental.

Tendo como foco a resolução das atividades de forma reflexiva é importante o acompanhamento de um responsável que deverá ter o cuidado de conversar com a criança a respeito do que está sendo proposto, fazendo questionamentos sempre que necessário. É uma atividade que pode ser aplicada agora, no início do ano, momento em que estamos vivenciando o contexto do ensino remoto, contemplando a seguinte habilidade:

EF04HI03 – Identificar as transformações ocorridas na cidade ao longo do tempo e discutir suas interferências nos modos de vida de seus habitantes, tomando como ponto de partida o presente.

Dicas aos responsáveis que acompanharão as crianças na realização das atividades:

  • Se possível, organizar um local claro e tranqüilo para a realização da atividade.
  • Importante que a crianças tenha por perto os materiais que irá utilizar como a folha da atividade impressa ou digitalizada e lápis e borracha (se necessário).
  • Um local para apoiar o material é de fundamental importância, seja tablet, computador, celular ou folha impressa.
  • A atividade poderá ser lida pela criança ou com a criança, sendo importante garantir a autonomia na resolução dos exercícios e ao mesmo tempo a compreensão do que está sendo pedido em cada exercício.
  • Explorar as imagens presentes nas atividades, trazendo sempre exemplos e procurando estabelecer comparações entre a atividade e cotidiano vivido.
  • Oriente a criança e escrever sempre da melhor forma que puder.

 

Clique aqui para acessar essa atividade.

 

Espero que gostem, aproveitem a atividade e compartilhem contando-nos como foi e trazendo sugestões que são sempre bem vindas!

 

 

aula história